O Que É Tecnologia?

COMPARTILHAR:

Etimologicamente a palavra Tecnologia vem do Grego TEKHNE, “relativo à arte, aos trabalhos de artesão” mais LOGOS, “estudo, tratado, palavra”.
Sendo este trabalho de artesão, trazido para o sentido de construção, aperfeiçoamento, de algo realizado com maestria, com umas certa superioridade. Ou seja, sendo o estudo da arte maestra.
A agricultura, a invenção da lâmpada, a criação de veículos, são outros exemplos de tecnologia. O avanço tecnológico é algo do nosso dia a dia e nos auxilia na comunicação, produção e evolução de nossa sociedade.

tecnologia

Os computadores ultra modernos, tablets e celulares de última geração também são exemplos de tecnologia. Mas não que sejam somente estes.

Dizer que uma fogueira também é tecnologia, não está errado.

Você para o seu carro no posto de gasolina para abastecer e o que possibilita que se encha o tanque, é resultado da tecnologia para extrair o petróleo das profundezas do oceano ou de várias camadas no subsolo, do emprego de outra tecnologia para refiná-lo resultando em uma série de subprodutos, do qual a gasolina é apenas um e ainda uma terceira que faz o combustível ir do reservatório ao tanque através da bomba.

Quando um carro dá a partida para sair de um posto, existe muita tecnologia envolvida para que o motor faça o veiculo andar, em freios que fazem o carro parar e o pneu que rola sobre o asfalto. Este que é um fruto também da tecnologia de outro subproduto do petróleo.

E eis que ao chegar em casa e subir pelo elevador até seu apartamento, a tecnologia permite que você não tenha que usar as escadas. Já dentro dela e ao abrir a torneira para matar sua sede, mais um conjunto de tecnologias permitiu que de lá saísse água potável.

As mais diversas aplicações

Ao longo da história, é possível até mesmo identificar como o desenvolvimento da tecnologia influenciou a nossa evolução. Nos tempos primitivos, por exemplo, destacam-se as ferramentas de pedra, a utilização da madeira, a descoberta do fogo e a utilização do metal.

Já na época medieval se sobressaem as tecnologias aliadas à Engenharia, como o desenvolvimento das grandes cidades, estradas e aquedutos. Tecnologias têxteis e militares também começaram a se desenvolver cada vez mais, assim como a utilização da prensa e a evolução da exploração marítima — a qual culminou na descoberta de outros continentes, como o nosso.

Logo em seguida, a Revolução Industrial provocou o verdadeiro boom no mundo do estudo da técnica. Diversos ramos, principalmente o fabril, começaram a encontrar maneiras de facilitar e agilizar tanto a resolução de tarefas quanto de problemas (objetivo principal da tecnologia).

Com tudo isso, também não demorou para que os especialistas começassem a dividir o estudo da técnica em vários campos diferentes. Assim, é possível repartir a Tecnologia em campos de atuação, algo que permite um foco ainda melhor de trabalho em cada uma dessas áreas.

Dessa forma, há a tecnologia de defesa, têxtil, de construção, militar, medicinal, educacional, mecânica, industrial, da informação, entre outras.

É preciso que você se situe no presente. Atualmente, vivemos a 4ª Revolução Industrial, com transformações nas relações pessoais e de trabalho. São experiências novas, em que as pessoas precisam correr para se  adaptar, caso contrário, ficarão para trás.

Esse crescimento da tecnologia moderna caminha exponencialmente para que o mundo se torne uma grande linha de arquitetura mental, onde os seus desejos estão ao controle de uma tela touch. Serviços como Uber e Aibnb fazem parte de um aglomerado de aplicativos que está reinventando os costumes humanos.

Leia também: Analista de Sistemas: o que faz, salário e formação

Vantagens e desvantagens 

Uma das grandes vantagens que a tecnologia moderna trouxe chama-se Internet das Coisas (IoT). Ela simplesmente conecta aparelhos ( gadgets) à internet, possibilitando uma grande integração. Assim, o usuário é o emissor, que emite um desejo ou ação, e a tecnologia decodifica e responde com outra ação. Se pensar nisso, nos próximos anos, os humanos verão uma verdadeira fábrica inteligente, um mundo conectado.

Antes, para viajar, você precisava ir ao aeroporto comprar as passagens, desembarcar, pegar um táxi e ir para um hotel. Hoje, você consegue os mesmos resultados por meio de uma experiência mais fácil e multiconectada, que você pode fazer no conforto da sua sala.

E, ampliando para todos os setores, há as nanotecnologias, biotecnologia e o surgimento da inteligência artificial, sistemas inteligentes que otimizam diversos processos industriais.

Nesse sentido é importante ressaltar que esse crescimento exponencial da tecnologia moderna não é linear nem gradual. Dessa forma, percebe-se os saltos no que antes se via como tecnologia. Até pouco tempo atrás, se comprava discos de CD. Depois,  esse mesmo disco podia ser comprado em formato digital para o seu computador. Atualmente, esse arquivo digital não é mais necessário, pois é possível acessar o Spotify (suas músicas são armazenadas sem ocupar um espaço físico, apenas virtual), pelo smartphone, e sincronizar com o Uber que está chegando para te buscar.

A comunicação tem experimentado esses avanços da melhor forma. O que vale, hoje, são as experiências que você pode ter. As promessas que, antes, eram vistas em filmes de sci-fi e ficção científicas são cada vez mais assertivas e, num piscar de olhos, elas podem te engolir.

Conclusão

O culto a um deus que nos criou à sua imagem e semelhança pode ser visto pela criatura fabricando um robô a sua imagem e semelhança, ainda sem “alma”, mas com grandes avanços e movimentos, percepções, memória e inteligência artificial o suficiente para entusiasmar os humanos com os próximos anos.

Na atualidade os aparelhos cada vez mais inteligentes, sofisticados e rápidos”, como o seu computador, tablet ou smartphone são sinônimos de tecnologia. Mas também, não está errado dizer que um arco e flecha, por exemplo, também são tecnologias.

Se você é estudante de programação, vou deixar alguns links de conteúdos GRATUITOS para você começar a estudar ainda hoje:

COMPARTILHAR:
brayan

Brayan Monteiro

Bacharel em Sistemas de Informação pela Faculdade Maurício de Nassau e desenvolvedor PHP. Além de programador, produzo conteúdo e gerencio blogs. Sou especialista em desenvolvimento de software, SEO de sites e em negócios digitais.