SQL: guia sobre SELECT

COMPARTILHAR:

A instrução SELECT é usada para selecionar ou recuperar dados de uma ou mais tabelas. Você pode usar esta instrução para recuperar todas as linhas de uma tabela de uma vez ou para recuperar apenas as linhas que atendem a uma condição específica ou combinação de condições.

Sintaxe básica

SELECT column1, column2, ...
FROM table_name;
  • “column1, column2, …” representa as colunas que você deseja selecionar. Você pode selecionar todas as colunas usando o caractere curinga (*).
  • “table_name” representa o nome da tabela de onde os dados serão selecionados.

Exemplos na prática da instrução SQL SELECT

Exemplo usando uma tabela fictícia chamada “Funcionários”:

Tabela “Funcionários”:

IDNomeSobrenomeCargoSalário
1JoãoSilvaGerente80000
2MariaSantosVendedor55000
3CarlosRodriguesEngenheiro75000
4AnaOliveiraSecretária40000

Exemplo:

pacote fullstack danki code
SELECT * FROM Funcionários;

Este comando selecionaria todas as colunas de todas as linhas da tabela “Funcionários”. O resultado seria:

IDNomeSobrenomeCargoSalário
1JoãoSilvaGerente80000
2MariaSantosVendedor55000
3CarlosRodriguesEngenheiro75000
4AnaOliveiraSecretária40000

Exemplo:

SELECT Nome, Sobrenome, Salário FROM Funcionários
WHERE Salário > 50000;

Este comando selecionaria as colunas “Nome”, “Sobrenome” e “Salário” de todas as linhas da tabela “Funcionários” onde o salário é maior que 50.000. O resultado seria:

NomeSobrenomeSalário
JoãoSilva80000
CarlosRodrigues75000

Exemplo:

SELECT Nome, Sobrenome, Salário FROM Funcionários
ORDER BY Salário DESC;

Este comando selecionaria as colunas “Nome”, “Sobrenome” e “Salário” de todas as linhas da tabela “Funcionários” e classificaria as linhas pela coluna Salário em ordem decrescente. O resultado seria:

CURSO GRATUITO DE DESENVOLVIMENTO WEB
NomeSobrenomeSalário
JoãoSilva80000
CarlosRodrigues75000
MariaSantos55000
AnaOliveira40000

Combinando SELECT com outras cláusulas

Esses são alguns exemplos básicos de como a instrução SELECT pode ser usada para selecionar e recuperar dados de uma tabela. Existem muitas outras opções e cláusulas adicionais que podem ser usadas em combinação com a cláusula SELECT para fazer consultas mais avançadas. Alguns exemplos incluem:

  • A cláusula GROUP BY, que agrupa as linhas retornadas por uma ou mais colunas. Isso é útil para fazer contagens e cálculos de soma, média, etc. em grupos de linhas.

Exemplo:

SELECT Cargo, AVG(Salário) FROM Funcionários
GROUP BY Cargo;

Este comando selecionaria a coluna “Cargo” e a média do salário de todas as linhas agrupadas pela coluna “Cargo”. O resultado seria:

CargoAVG(Salário)
Gerente80000
Vendedor55000
Engenheiro75000
Secretária40000
  • A cláusula JOIN, que permite combinar dados de duas ou mais tabelas baseadas em uma coluna comum. Isso é útil para recuperar dados relacionados de várias tabelas.

Exemplo:

CURSO GRATUITO DE PYTHON
SELECT Funcionários.Nome, Funcionários.Sobrenome, Departamentos.Nome FROM Funcionários
JOIN Departamentos ON Funcionários.DepartamentoID = Departamentos.ID;

Este comando selecionaria as colunas “Nome” e “Sobrenome” da tabela “Funcionários” e a coluna “Nome” da tabela “Departamentos”, combinando as linhas baseadas na coluna “DepartamentoID” comum. O resultado seria:

NomeSobrenomeDepartamentos.Nome
JoãoSilvaVendas
MariaSantosVendas
CarlosRodriguesEngenharia
AnaOliveiraAdministração

Portanto, esses são apenas alguns exemplos adicionais de como a instrução SELECT pode ser usada para fazer consultas avançadas em um banco de dados. Existem muitas outras opções e cláusulas disponíveis para explorar dependendo da sua necessidade.

Leia também: SQL: guia sobre INSERT

COMPARTILHAR:
brayan

Brayan Monteiro

Bacharel em Sistemas de Informação pela Faculdade Maurício de Nassau e desenvolvedor PHP. Além de programador, produzo conteúdo e gerencio blogs. Sou especialista em desenvolvimento de software, SEO de sites e em negócios digitais.