Entenda os métodos GET e SET em programação

COMPARTILHAR:

Em programação, os termos “get” e “set” se referem a dois tipos de métodos que geralmente são usados para acessar e modificar as propriedades (ou atributos) de um objeto.

O método “get” (em português, “obter” ou “pegar”) é usado para retornar o valor atual de uma propriedade do objeto. Por exemplo, se uma classe “Pessoa” tiver uma propriedade “nome”, um método “getNome” poderia ser usado para retornar o valor atual do nome dessa pessoa.

O método “set” (em português, “definir” ou “configurar”) é usado para modificar o valor de uma propriedade do objeto. Por exemplo, se quisermos mudar o nome de uma pessoa na classe “Pessoa”, poderíamos usar um método “setNome” para definir um novo valor para a propriedade “nome”.

CURSO GRATUITO DE DESENVOLVIMENTO WEB

Em resumo, “get” é usado para obter ou pegar o valor atual de uma propriedade, enquanto “set” é usado para definir ou configurar um novo valor para essa propriedade. Esses métodos são usados ​​para garantir que as propriedades de um objeto sejam acessadas e modificadas de maneira controlada e consistente.

Exemplos dos métodos GET e SET em PHP

Exemplo 1 – Usando get e set para acessar/modificar propriedades de uma classe:

class Pessoa {
    private $nome;
    private $idade;
    public function getNome() {
        return $this->nome;
    }
    public function setNome($nome) {
        $this->nome = $nome;
    }
    public function getIdade() {
        return $this->idade;
    }
    public function setIdade($idade) {
        $this->idade = $idade;
    }
}
// Exemplo de uso:
$pessoa = new Pessoa();
$pessoa->setNome("João");
$pessoa->setIdade(30);
echo "Nome: " . $pessoa->getNome() . ", Idade: " . $pessoa->getIdade(); // saída: "Nome: João, Idade: 30"

Nesse exemplo, a classe “Pessoa” tem duas propriedades privadas, “nome” e “idade”, e quatro métodos públicos “get” e “set” para acessá-las e modificá-las. O método “setNome” recebe um nome como parâmetro e define o valor da propriedade “nome” para esse nome, enquanto o método “getNome” retorna o valor atual da propriedade “nome”. O mesmo se aplica aos métodos “setIdade” e “getIdade” para a propriedade “idade”.

CURSO GRATUITO DE PYTHON

Exemplo 2 – Usando get para acessar uma propriedade protegida em uma classe filha:

class Animal {
    protected $nome;
    public function __construct($nome) {
        $this->nome = $nome;
    }
}
class Cachorro extends Animal {
    public function latir() {
        echo "Au Au!";
    }
    public function getNome() {
        return $this->nome;
    }
}
// Exemplo de uso:
$cachorro = new Cachorro("Totó");
echo "Nome do cachorro: " . $cachorro->getNome(); // saída: "Nome do cachorro: Totó"

Nesse exemplo, a classe “Animal” tem uma propriedade protegida “nome” que só pode ser acessada pelas classes filhas. A classe “Cachorro” herda a propriedade “nome” da classe “Animal” e implementa um método “getNome” que retorna o valor da propriedade “nome”. O método “latir” é apenas um exemplo de outro método que pode ser adicionado à classe “Cachorro”.

Conclusão

Portanto, o uso de métodos “get” e “set” é uma prática comum em programação orientada a objetos para garantir que as propriedades de um objeto sejam acessadas e modificadas de maneira controlada e consistente. Esses métodos permitem que a classe tenha um controle sobre a leitura e a escrita dos valores das suas propriedades.

hostinger banner

O método “get” é usado para obter ou pegar o valor atual de uma propriedade, enquanto o método “set” é usado para definir ou configurar um novo valor para essa propriedade. Quando uma propriedade é privada ou protegida, esses métodos são usados para permitir que outras partes do código acessem ou modifiquem essa propriedade de maneira controlada.

É importante lembrar que o uso de métodos “get” e “set” não é uma regra rígida, e há casos em que a exposição direta das propriedades pode ser apropriada. No entanto, em geral, é uma boa prática encapsular as propriedades e permitir o acesso a elas apenas por meio de métodos “get” e “set”, para manter o controle sobre o comportamento do objeto.

COMPARTILHAR:
brayan

Brayan Monteiro

Bacharel em Sistemas de Informação pela Faculdade Maurício de Nassau e desenvolvedor PHP. Além de programador, produzo conteúdo e gerencio blogs. Sou especialista em desenvolvimento de software, SEO de sites e em negócios digitais.