O que é um vírus backdoor? Como se proteger de vírus de backdoor

COMPARTILHAR:

Backdoors não são necessariamente uma coisa ruim, mas podem ser usados ​​por cibercriminosos para o mal. Aqui está o que você deve saber.

Um backdoor é uma entrada oculta em um aplicativo, rede ou dispositivo. É um atalho no sistema que permite que usuários autorizados ou não autorizados façam login ignorando verificações de segurança, como verificação de nome de usuário e senha.

Os hackers podem usar malware, como vírus de backdoor, para instalar backdoors em seu dispositivo. Uma vez lá dentro, as possibilidades de danos são infinitas. Os invasores podem roubar dados críticos, monitorar sua atividade e direcionar seus clientes.

Então, o que exatamente é um vírus backdoor? Quão perigosos eles são? Como você pode se proteger deles?

segurança

O que é um vírus backdoor?

Os vírus de backdoor são softwares maliciosos que permitem que usuários não autorizados obtenham acesso a dispositivos, aplicativos e redes. Os invasores podem obter acesso backdoor usando a interface de linha de comando ou outros comandos baseados em texto.

Os vírus de backdoor podem instalar scripts para facilitar o acesso dos administradores, mesmo após a remoção do malware. Depois que um vírus backdoor é instalado, os invasores podem registrar a atividade do computador, roubar dados confidenciais e excluir arquivos.

Como os vírus backdoor entram no seu dispositivo?

Os vírus de backdoor podem entrar em seu dispositivo por meio de duas partes do sistema: alterações de hardware que permitem acesso remoto ao dispositivo e por meio de software.

No entanto, backdoors nem sempre são usados ​​para comportamento malicioso. Por exemplo, desenvolvedores de software e hardware instalam deliberadamente backdoors para fins de suporte técnico remoto. Dessa forma, eles podem ajudar os clientes que estão presos em seus dispositivos, além de solucionar e corrigir problemas de software.

No entanto, backdoors, instalados intencionalmente ou não, podem ser explorados por invasores. Por exemplo, um backdoor adicionado a um aplicativo por um desenvolvedor de software pode ser usado posteriormente por hackers. Ataques de backdoor podem ser realizados por agentes mal-intencionados, acessando backdoors para fazer login em seu dispositivo e realizar atividades maliciosas a qualquer momento sem que você perceba.

Como funciona um ataque de backdoor?

Um ataque backdoor começa com um invasor identificando uma vulnerabilidade no sistema de destino para operar. Em seguida, eles exploram a fraqueza para instalar backdoors.

As falhas comuns do sistema incluem backdoors legítimos, senhas fracas e software desatualizado.

curso de hacker ético
Aprenda Hacker Ético do conforto da sua casa, online e com uma super didática imposta pelo professor do curso!

Backdoor legítimos

Como mencionado anteriormente, os backdoors nem sempre são maliciosos. Às vezes, os desenvolvedores de software e hardware deixam intencionalmente backdoors em seus programas para obter acesso legítimo para gerenciamento remoto e solução de problemas. Embora esses backdoors deliberados estejam disponíveis apenas para desenvolvedores, os hackers também podem usá-los a seu favor.

Software desatualizado

Softwares não corrigidos e desatualizados são significativamente mais propensos a serem atacados com sucesso do que softwares atualizados. Portanto, os hackers procuram software infectado que possa ser usado para instalar backdoors no seu dispositivo.

Abrir portas de rede

Portas de rede abertas podem aceitar tráfego de locais remotos, criando pontos fracos que os invasores podem explorar. Os cibercriminosos geralmente visam portas não utilizadas porque tendem a ser mais fáceis de instalar backdoors.

Senha fraca

Senhas fracas podem ser adivinhadas ou, se a senha for muito curta, os hackers podem usar força bruta. Depois de quebrar a senha, os invasores podem instalar backdoors facilmente.

O perigo do vírus backdoor

Os backdoors não são inerentemente perigosos, mas os invasores podem usá-los para infectar sua máquina e rede com malware, como ransomware, spyware e vírus. Depois que o vírus backdoor é instalado, os hackers podem realizar uma variedade de atividades maliciosas, incluindo ataques APT, violações de dados e ataques DDoS.

Ao contrário de outros tipos de malware, os vírus backdoor são executados em segundo plano e são difíceis de detectar (especialmente coisas como cryptojacking). A boa notícia é que existem coisas que você pode fazer para prevenir ou até mesmo eliminar o vírus.

Como mitigar vírus de backdoor

A melhor maneira de mitigar vírus é incorporar proteção contra ataques de backdoor em conjunto com técnicas de detecção e remoção de malware. Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para minimizar o risco de vírus de backdoor.

Use senhas fortes

As senhas exclusivas são uma das melhores maneiras de impedir o acesso não autorizado. Use uma combinação de letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres para criar senhas fortes. Você pode usar um gerenciador de senhas para gerar e armazenar com segurança suas informações de login.

Você também deve alterar sua senha regularmente. Altere a senha padrão agora e ative a autenticação multifator (MFA) sempre que possível.

Às vezes, os hackers não realizam ações maliciosas assim que obtêm acesso a um dispositivo. Alterar suas senhas com frequência pode ajudá-los a sair da próxima vez que tentarem acessar o dispositivo.

Mantenha seu software atualizado

Os cibercriminosos adoram explorar vulnerabilidades de software. É mais provável que software desatualizado tenha pontos fracos que tornem mais fácil para invasores infectar seu dispositivo com um vírus backdoor.

Felizmente, os desenvolvedores geralmente lançam versões de software atualizadas para corrigir bugs. Atualizar regularmente seu sistema operacional e aplicativos pode proteger seu dispositivo contra vírus de computador de backdoor.

Use uma ferramenta antimalware

Instale e execute uma ferramenta de remoção de malware respeitável para detectar e remover vírus de backdoor e outros malwares do seu sistema. Além disso, mantenha seu programa antimalware atualizado e execute verificações completas do sistema regularmente.

Usar um firewall

Os firewalls são projetados para detectar e bloquear tráfego de rede indesejado. Os firewalls podem detectar tráfego de backdoor e bloqueá-lo antes que ele entre no sistema.

Se alguém fora de sua rede aprovada tentar acessar seu dispositivo ou rede, o firewall impedirá que o faça. Da mesma forma, se um aplicativo em seu dispositivo tentar enviar dados para uma rede desconhecida, ele também bloqueará o aplicativo.

Leia também: O que é Java?

Escolha seu hardware com cuidado

Fornecedores obscuros podem não apenas levá-lo para um passeio, mas também vender hardware com vírus de backdoor. Backdoors de hardware, como código em firmware ou hardware de chip de computador, podem ser implementados diretamente como malware em circuitos integrados. A melhor defesa é certificar-se de que cada dispositivo que você compra vem com uma garantia do fabricante e do vendedor.

Sele os backdoors ou corra o risco de ser atacado

Depois que um vírus backdoor é instalado em seu sistema, os hackers podem copiar informações confidenciais de sua unidade, gravar suas teclas e usar sua webcam para espioná-lo. Os efeitos dessas ações podem ser prejudiciais para usuários individuais e empresas.

Para pequenas empresas, os ataques de backdoor podem custar seus negócios. É sempre uma boa ideia aprender sobre essas ameaças e como se livrar delas. Para reduzir os vírus de backdoor, os usuários finais devem manter o software atualizado, instalar programas antimalware e usar firewalls.

COMPARTILHAR:
brayan

Brayan Monteiro

Bacharel em Sistemas de Informação pela Faculdade Maurício de Nassau e desenvolvedor PHP. Além de programador, produzo conteúdo e gerencio blogs. Sou especialista em desenvolvimento de software, SEO de sites e em negócios digitais.